Prelúdio, faixa à faixa, por Fabio Zelenski

Este “faixa à faixa” foi feita pelo nosso amigo Fabio Zelenski,
e postado originalmente no seu Blog “Café & Vitrolas

Segue o texto na íntegra,

Valeu Zelenski! 😉

***

A demo O Último trem para a cidade das desilusões, do Stereomotive, é um material ótimo, entretanto, raro. Na entrevista que fiz com os caras, falaram que, se a gravação tivesse ficado mais profissional, teriam divulgado mais.

Enfim, na minha opinião é uma ótima demo, com ótimas músicas.

Além da demo, há o ótimo EP Prelúdio a uma nova concepção aestética, que só tem um defeito: ser composto apenas por quatro músicas. O EP foi muito divulgado e tocado na época.

Assim, preparando para o show que haverá em breve [N.do E.: no caso o show aconteceu dia 20 de julho do 2011 ], vamos falar um pouco sobre cada faixa.

Eu só queria dizer que…

A bela instrumental abre o EP (e se bem me lembro, abria os shows também). É uma ótima forma de preparar os ouvidos e o coração para o que está por vir. A música conta com um belo violoncelo, que ajuda a dar peso e emoção à música.

Tantas mentiras perfeitas

Tantas mentiras perfeitas tem quase a mesma levada que Eu só queria dizer que…, mas agora com o vocal do Ronaldo cantando uma bela letra, que representa bem a época do hardcore melódico de qualidade. “Se eu pudesse gritar, juro eu te chamaria. Mas se só pudesse dizer uma única palavra, eu diria solidão. “. Demais. O final fica mais pesado, propício a bate-cabeça. É um convite.

Direito à Vingança

É o hit do Prelúdio. Não saberia dizer quantas vezes eu já ouvi essa música e quantas vezes já coloquei na pista, nas noites da Divina Comédia. Direito à Vingança é o climax do EP, com uma letra sincera e direta, sem metáforas, e um instrumental pra lá de emocionante. É pra cantar junto.

O Eterno Retorno do Mesmo

Fechando o EP, O Eterno Retorno do Mesmo tem uma levada mais lenta mas não menos potente/emocionante. A música segue lenta e vai ganhando peso, e, como em Direito à Vingança, possui uma letra/apelo simples e direto: “Eu quero que você morra em mim”, que é expulso aos gritos da banda. Essa música também conta com o violoncelo, pra deixar mais bonito ainda.

Enfim, Prelúdio a uma nova concepção aestética (que pode ser baixado via Trama Virtual) é uma marco na cena indie da Região.

***

Por Fabio Zelenski, ao som de Sufjan Stevens.

Siga @cafeevitrolas

Anúncios

Tags:, , , ,

About stereomotive

... quatro mentes e incontáveis visões sobre essa contraditória "arte" de se organizar acordes sobre a velha ou a nova fórmula, e enfim, todos os questionamentos que observamos nos remeteram ao novo, à tentativa de ser novo, mas... o que é novo?.. não temos a pretensão de mudar as tendências, queremos apenas tocar e ouvir nossos anseios conforme nossas personalidades... quem sabe não estamos apenas criando nossa própria música?

One response to “Prelúdio, faixa à faixa, por Fabio Zelenski”

  1. tchelo says :

    AI ESTA GALERA TEM POTENCIAL, EU PUDE VE-LOS COMEÇAR, LA NO QUARTINHO CHEIO DE MOFO NA CASA DO PAI DO RONALDO, CARACAS ERA EMBAÇADO, PORÉM VIVENDO E SOBREVIVENDO CONTINUAM FIRMES E APRIMORANDO, QUE DEUS OS ABENÇOEM…TCHELÃO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: