Pearl Jam “Twenty”, ou simplesmente, PJ20

Sendo direto ao ponto, um documentário que fará qualquer marmanjo remoer-se.

Uma cronologia dos fatos, desde a banda “Pré Jam”, um rock glamuroso e purpurinado feito pelo “Mother Love Bone”, e aos mais de vinte anos depois, no auge de um movimento que para muitos não existe mais, porém, basta olhar um camisão xadrez que não tem como não dizer: “É Grunge”.

Depois do Quase Rock no Rio, creio que teremos um SWU com quase um dia inteiro de revival, Alice in Chains, Stone Temple Pilots, Chris Cornell, importante a presença (de quem não gastou nenhum tostão até o momento com a maré de shows que vem assolhando nosso país).

Voltando ao PJ20, parabéns aos produtores, o documentário é perfeito, do que começo ao final e ao começo denovo (eu mesmo assisti três vezes até o momento).

Pontos altos?

Isso, vamos enumerar alguns:

– Andy Wood’s cantando para uma platéia “imaginária” de muitas mil pessoas de sete pessoas;
– Chris Cornell mostrava uma certa “dúvida” em relação ao talento musical do Eddie Vedder;
– O “famoso” Grammy que teve relevância zero para o Pearl Jam, a declaração exibida lhe causará aquela boa vergonha alheia (e a vontade de ter sido você o dono da frase);
– Saber o quanto o Sir Neil Young foi “educador” na carreira dos demais músicas da banda;
– No tribunal contra a Ticketmaster;
– O “abraço” entre Cobain e Vedder, com algumas amigas ao redor “tirando um certo sarro” do Kurt… rs

Assistam e na sequência, montem uma banda, combinado?

PS: O Pearl Jam é a única banda a ter ganho uma carta de agradecimento da Associação Californana do Abacate.

Pearl Jam - Capa do album Pearl jam

____
Postado por Rodrigo

Anúncios

About stereomotive

... quatro mentes e incontáveis visões sobre essa contraditória "arte" de se organizar acordes sobre a velha ou a nova fórmula, e enfim, todos os questionamentos que observamos nos remeteram ao novo, à tentativa de ser novo, mas... o que é novo?.. não temos a pretensão de mudar as tendências, queremos apenas tocar e ouvir nossos anseios conforme nossas personalidades... quem sabe não estamos apenas criando nossa própria música?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: