Arquivo | Músicas RSS for this section

Entrevista com Stereomotive na TramaVirtual – Holofote: Stereomotive

O  Stereomotive é destaque na seção Holofote da TramaVirtual.

Entrevista feita pelo Ricardo Tibiu, com o Ronaldo. — Valeu pela força Ricardo!

Leia a entrevista e ouça/baixe os sons do Stereomotive na TramaVirtual:

>>> TramaVirtual – Holofote: Stereomotive

Prelúdio, faixa à faixa, por Fabio Zelenski

Este “faixa à faixa” foi feita pelo nosso amigo Fabio Zelenski,
e postado originalmente no seu Blog “Café & Vitrolas

Segue o texto na íntegra,

Valeu Zelenski! 😉

***

A demo O Último trem para a cidade das desilusões, do Stereomotive, é um material ótimo, entretanto, raro. Na entrevista que fiz com os caras, falaram que, se a gravação tivesse ficado mais profissional, teriam divulgado mais.

Enfim, na minha opinião é uma ótima demo, com ótimas músicas.

Além da demo, há o ótimo EP Prelúdio a uma nova concepção aestética, que só tem um defeito: ser composto apenas por quatro músicas. O EP foi muito divulgado e tocado na época.

Assim, preparando para o show que haverá em breve [N.do E.: no caso o show aconteceu dia 20 de julho do 2011 ], vamos falar um pouco sobre cada faixa.

Eu só queria dizer que…

A bela instrumental abre o EP (e se bem me lembro, abria os shows também). É uma ótima forma de preparar os ouvidos e o coração para o que está por vir. A música conta com um belo violoncelo, que ajuda a dar peso e emoção à música.

Tantas mentiras perfeitas

Tantas mentiras perfeitas tem quase a mesma levada que Eu só queria dizer que…, mas agora com o vocal do Ronaldo cantando uma bela letra, que representa bem a época do hardcore melódico de qualidade. “Se eu pudesse gritar, juro eu te chamaria. Mas se só pudesse dizer uma única palavra, eu diria solidão. “. Demais. O final fica mais pesado, propício a bate-cabeça. É um convite.

Direito à Vingança

É o hit do Prelúdio. Não saberia dizer quantas vezes eu já ouvi essa música e quantas vezes já coloquei na pista, nas noites da Divina Comédia. Direito à Vingança é o climax do EP, com uma letra sincera e direta, sem metáforas, e um instrumental pra lá de emocionante. É pra cantar junto.

O Eterno Retorno do Mesmo

Fechando o EP, O Eterno Retorno do Mesmo tem uma levada mais lenta mas não menos potente/emocionante. A música segue lenta e vai ganhando peso, e, como em Direito à Vingança, possui uma letra/apelo simples e direto: “Eu quero que você morra em mim”, que é expulso aos gritos da banda. Essa música também conta com o violoncelo, pra deixar mais bonito ainda.

Enfim, Prelúdio a uma nova concepção aestética (que pode ser baixado via Trama Virtual) é uma marco na cena indie da Região.

***

Por Fabio Zelenski, ao som de Sufjan Stevens.

Siga @cafeevitrolas

EP “Prelúdio à uma nova concepção aestética”

Escute na integra nosso EP “Prelúdio a uma nova concepção aestética” no TramaVirtual:

Stereomotive, Prelúdio a uma nova concepção aestética, EP, 2005

Stereomotive, Prelúdio a uma nova concepção aestética, EP, 2005

>> Stereomotive, Prelúdio à uma nova concepção aestética, no Trama Virtual

Este EP contém 4 músicas que gravamos entre 2004 e 2005, as quais ainda gosto muito (algumas delas talvez sejam incluídas no nosso próximo álbum, remasterizadas).  As gravações foram no estúdio El Rocha, com o Fernando Sanches na parte técnica, Hendi do Carmo na produção, com participações de Luiz Barretto nos backing vocals e Clayton Fernandes no violoncelo.

15 minutos de puro rock! Escutem aí!

%d blogueiros gostam disto: