Arquivo | Vídeos RSS for this section

Videos do Tim Kinsella em São Paulo

Os shows do Tim no SESC Belenzinho foram fantásticos… Bom, pra começo de conversa, eu não tinha ido naquela unidade do SESC ainda, e confesso que é muito bacana… O Tim tocou muita coisa do Joan of Arc, algumas do Cap’n Jazz, e uma cover do Lungfish… Foi muito legal, um show bem intimista… na primeira sessão ele quase não conversou com o público — tocou um som atrás do outro sem deixar nem espaço pros aplausos… na segunda sessão ele conversou mais, falou sobre Jorge Ben Jor, a dificuldade em ficar longe de casa (aparentemente ele até toma uns remédios quando precisa viajar), mas as apresentações foram fantásticas… Eu não levei minha câmera, mas achei alguns vídeos no Youtube, bem legais… seguem aí alguns deles. (Esperamos que o Tim volte logo com o Joan of Arc ou com o Cap’n Jazz — seria fodástico, hein!?)

Ooh Do I Love You (Cap'n Jazz)


Many Times I've Mistaken (Joan of Arc) e comentários
sobre o album África Brasil do Jorge Ben Jor


A Tell-Tale Penis (Joan of Arc)


Ooh Do I Love You (Cap'n Jazz)


Many Times I've Mistaken (Joan of Arc)


Staying Alive And Lovelessness (Joan of Arc)


If There Was a Time (Joan of Arc)


The Evidence (Lungfish)

Show do Tim Kinsella em São Paulo

Tim Kinsella no Brasil!

Isso mesmo, o fundador do Cap’n Jazz, uma das bandas mais fodásticas do que eu costumo chamar de “post-hardcore no sentido literal da expressão” vai estar no Brasil em Setembro, fazendo duas apresentações no SESC Belenzinho em São Paulo. Além do Cap’n Jazz ele fundou o Owls e o Joan of Arc, duas bandas também sensacionais, e esteve em um infinidade de outros projetos (veja mais na Wikipedia).

>>> Playlist com músicas do Tim Kinsella no Grooveshark

>>> Link pro site do SESC-SP com informações sobre o show

Os meus sons preferidos do Tim são Everyone is my Friend (do Owls, dica do Hendi Carmo) e qualquer uma do Cap’n Jazz, mas eu vou colocar Puddle Splashers que é muito foda, e a gente fez umas covers algumas vezes:

Owls – Everyone is my friend

Cap’n Jazz – Puddle splashers

***

Postado por Ronaldo Aguiar

***
Informações oficiais do site do SESC-SP:

Show do Tim Kinsella em São Paulo

SESC Belenzinho

Dia(s) 20/09
Terça, 1º Sessão: 20h / 2º Sessão: 21h30

O músico nascido em Chicago é um dos fundadores da Cap’n Jazz, banda influente do cenário pós-hardcore dos anos 80. Ao longo de 22 anos de carreira, tem desenvolvido diversos projetos, entre eles se destacam Joan of Arc, Owls e Make Believe. Com um estilo vocal particular e grande versatilidade no violão e na guitarra, apresenta trabalho solo, canções dos seus álbuns “He Sang His Didn’t He Danced His Did” (2001), “Crucifix Swastika” (2005), “Field Recordings of Dreams” (2007), faixas de compilações, EP’s, novas composições, além de um apanhado de canções de suas bandas anteriores e atuais. Sala de Espetáculo I. Duração: 60 min. 1º Sessão: 20h, 2º Sessão, 21h30. Ingressos à venda pelo sistema INGRESSOSESC a partir das 14h do dia 01/09. Não recomendado para menores de 12 anos.

R$ 24,00 [inteira]
R$ 12,00 [usuário matriculado no SESC e dependentes, +60 anos, professores da rede pública de ensino e estudantes com comprovante]
R$ 6,00 [trabalhador no comércio e serviços matriculado no SESC e dependentes]

>>> Link pro site do SESC-SP

Braid, Closer to Closed, uma ótima surpresa em 2011

Os balzaquianos do Braid, unidos em 93 com a proposta de reverberar o que conhecemos hoje em dia por “emo anos 90“, estão de volta!!!

Enfim, rotular é preciso, rotular, rotular e rotular… para que seja possível pontuar o que ao meu ver, desde 93 ainda não foi superado… quiçá, alguém vai empatar… [risos…]

Por ironia do destino, sorte dos fãs ou simplesmente pela monotonia que pairava no céu de Illinois, Bob Nanna e sua rapaziada decidiram então em 2011 lançarem um material inédito, o EP entitulado “Closer to Closed“, contendo três faixas inéditas e uma cover de Jeff Hanson’s.

A mixagem ficou à cargo de J. Robbins, isso mesmo, o mesmo mentor do consagrado “Frame and Canvas“, que contém uma dúzia de rosas e outras canções que marcaram uma cena…

O abre-alas de “Closer to Closed” é a canção “The Right Time“, cantada pelo Geddy Lee, ops… digo, pelo Chris Broach (o timbre do vocal remete de maneira honrosa ao Rush) e inicia-se assim: “Keep it in a small compartment in the back of your apartment. Keep it locked and keep it hidden from view“… a mistura sonora dessa mais happy-pop-push-song prepara o terreno para o que há de vir… Mister Broach surpreendeu-me!!!

Em “Do Over“, a segunda faixa, Bob Nanna além de encher o pulmão antes de soltar a primer frase (o microfone capturou muito bem essa primeira respiração…) encarna aos exatos 02:25′ a melhor bridge de todos os tempos da última semana… sincera e viciante, confesso ter ouvido exaustivas vezes, não é Zé? [risos…]

Não achei a letra na internet e meu vinil ainda não chegou, sendo assim, o plano B foi colocar o fone de ouvido e muita atenção para notar o que Mister Nanna atestou nessa bridge… que é chegada a hora do basta… “now is the part that I break you heart, now is the part that I break you heart, it’s the part that I break some hearts… so…

A terceira faixa, é a cover mencionada anteriormente… “You’re the Reason” soa como uma homenagem, pouca modificação na estrutura original da canção, um piano engrossa o caldo e notamos ao longo da canção o que chamamos de dosagem braidiana, vale a pena tirar a prova dos nove, ouvindo também a versão original.

Encerrando esse EP, ouvimos a quarta faixa, “Universe or Worse“, aqui vale a pena uma confissão [risos…] à caminho do El Rocha, e em plena Marginal Tietê, o primeiro riff dessa canção nos fez cantarolar repetidas vezes “É Bob Nanna! É Bob Nanna! É Bob Nanna! É Bob Nanna!”… besteira nossa, mas isso grudou na cabeça de tal forma… e até hoje em dia, quando aperto o play, me pego cantarolando isso! [risos…]

Por hoje é só pessoal…

Curiosidades:

– Assistam a “vídeo-aula” feita pelo Mister Nanna da canção mais marcante do consagrado “Frame and Canvas“:

– Com essas dicas, melhoraremos a homenagem feita ao vivo no Divina Comédia:

– Maiores informações sobre o EP do Braid: http://www.polyvinylrecords.com/store/index.php?id=1838

****
Postado por Rodrigo Giometti

%d blogueiros gostam disto: